Governo argentino obtém vitória com aprovação do orçamento de 2019
15 Novembro 2018 05:30:00
O governo de Mauricio Macri obteve uma vitória na madrugada desta quinta-feira (15), quando o Senado aprovou o orçamento para 2019, com os ajustes que afetarão áreas como obras públicas, saúde e segurança, mas que permitirão a Argentina chegar ao déficit fiscal de 0%, pré-requisito do FMI (Fundo Monetário Internacional) para liberar o resto das cotas do empréstimo de US$ 50 bilhões firmado em junho. Leia mais (11/15/2018 - 05h30)


Contratos de limpeza de ruas de SP deverão cair 14%, diz órgão da prefeitura
15 Novembro 2018 03:00:00
A Amlurb (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana) prevê que o valor a ser desembolsado pela Prefeitura de São Paulo pelo serviço cairá para R$ 67 milhões por mês -são R$ 84 milhões hoje, se for incluído o montante pago aos aterros. Leia mais (11/15/2018 - 03h00)


Equipe de Bolsonaro quer antecipar mudanças no setor elétrico
15 Novembro 2018 02:30:00
A equipe de transição do governo Jair Bolsonaro planeja antecipar mudanças no setor elétrico previstas para o período de 2020 a 2026. Leia mais (11/15/2018 - 02h30)


Mortes: Pedreiro cineasta fez de cidade capixaba o seu velho oeste
15 Novembro 2018 02:15:00
Sempre que entrava em seu set, o ajudante de pedreiro Manoel Loreno se transformava. O baixinho de origem humilde e muitas vezes tímido dava espaço para heróis do velho oeste.

Apaixonado por cinema, seu Manoelzinho -como era conhecido em Mantenópolis, no Espírito Santo- ?? passou a criar seus filmes tendo como inspiração antigas produções americanas. O município, para o qual migrou com a família mineira ainda na infância, se tornaria o seu velho oeste. Leia mais (11/15/2018 - 02h15)


Mais Médicos cria vagas em faculdades, mas não garante profissionais no interior
15 Novembro 2018 02:01:00
A lei que criou os Mais Médicos, em 2013, incentivou também a abertura de cursos de medicina no Brasil: desde que ela foi promulgada, 9.137 vagas foram abertas em novos 117 cursos -81% delas, no interior do país. Leia mais (11/15/2018 - 02h01)


Sirius: nova fronteira da ciência brasileira
15 Novembro 2018 02:00:00
Nesta quarta-feira (14), em Campinas, foi dada a partida na mais complexa infraestrutura de pesquisa científica já construída no país. É o Sirius --um acelerador de partículas, em que um feixe de elétrons circula em um grande anel com velocidade próxima à da luz e, ao passar por ímãs, sofre mudança de direção capaz de gerar uma fonte especial de luz de alto brilho e amplo espectro, a luz síncrotron.

Com a presença de cientistas, pesquisadores, do corpo técnico do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) --vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTic)--, do professor Rogério Cezar de Cerqueira Leite e do presidente Michel Temer (MDB), entre outras personalidades, pela primeira vez um elétron "passeou" neste caminho.

A energia do feixe de luz pode penetrar profundamente até em materiais densos, como rochas, polímeros e metais, produzindo imagens nítidas de estruturas nas escalas atômica e molecular. O que soa complicado é, no entanto, luminoso.

Sirius é a estrela mais brilhante do céu noturno e pode ser vista de qualquer ponto na Terra. Empresta o nome ao Sirius do Brasil, impressionante laboratório multipropósito, abrigado em edifício de 68 mil m2 de área construída. Sua estrutura foi projetada para atender a padrões de estabilidade mecânica e térmica sem precedentes.

Tê-lo em progressiva operação, a partir de 2019, vai permitir diferentes pesquisas em áreas como saúde, energia e meio ambiente. Orçado em R$ 1,8 bilhão, é financiado pelo MCTic e já teve repasses de R$ 1,2 bilhão.

O Brasil já possui uma fonte desse tipo, de segunda geração, a UVX, também no LNLS, em Campinas. Foi a primeira fonte de luz síncrotron do hemisfério sul.

De fato, o salto tecnológico entre as duas gerações permitirá que as imagens alcancem uma resolução muito superior. Isso não diminui a importância do UVX, que prestou relevante papel à produção científica e à sua função social, por exemplo identificando a estrutura da proteína responsável pelo vírus da zika.

Das 50 fontes de luz síncrotron no mundo, pouco mais de 20 são de terceira geração. O Sirius terá nos próximos anos dois competidores de quarta geração: um em operação desde 2016 em Lund, na Suécia, e outro que começará a ser montado em breve na França --além dessas fontes, outras 13 de quarta geração estão em planejamento.

Quando em plena atividade, o Sirius estará na vanguarda, fornecendo a fonte mais avançada do mundo e também com maior brilho dentre todos os equipamentos na sua classe de energia, habilitando o Brasil a produzir ciência competitiva internacionalmente por pelo menos uma década à frente. 

O Sirius foi projetado pelas próprias equipes do LNLS, e cerca de 90% dos componentes e sistemas foram desenvolvidos ali ou produzidos sob encomenda por empresas brasileiras.

Destaco ainda a atuação da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos) e da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), que fizeram seleção pública conjunta para desenvolvimento de componentes críticos do anel de aceleração.

Oito empresas foram selecionadas para superar desafios científicos e tecnológicos, como, por exemplo, produção de eletroímãs, detectores de raios X e espelhos de rugosidade nanométrica. Esse esforço qualificou as empresas aprovadas não apenas como fornecedoras do LNLS, mas também para a oferta de soluções em nível mundial. 

A concepção e os projetos executivos do Sirius foram realizados por físicos, engenheiros e técnicos brasileiros, submetidos inicialmente a um comitê científico internacional.

Ciência e tecnologia são transversais, estão presentes nos mais diferentes campos da sociedade e contribuem fortemente com o desenvolvimento econômico. Tenho convicção de que esta quarta-feira foi um dia histórico. Leia mais (11/15/2018 - 02h00)


Com tantas idas e vindas, Bolsonaro transforma a transição política em várzea
15 Novembro 2018 02:00:00
Toda transição de governo tem um quê de janela de transferência de futebol: se nesta os dirigentes e empresários tentam forçar compras e vendas de jogadores, naquela os correligionários e conselheiros procuram emplacar nomes de seu agrado ou ostentar uma influência de que nem sempre desfrutam. Leia mais (11/15/2018 - 02h00)


Mais Médicos foi um marco na saúde pública do país e atendeu milhões, diz leitor
15 Novembro 2018 02:00:00

Governo Bolsonaro

Leia mais (11/15/2018 - 02h00)


Novo restaurante Low BBQ aposta no churrasco americano
15 Novembro 2018 02:00:00
Inaugurado há um mês em Pinheiros, o Low BBQ traz alguma novidade à já inflada oferta gastronômica da região com seu menu dedicado às carnes defumadas, ao estilo americano de fazer churrasco, em ambiente informal. Leia mais (11/15/2018 - 02h00)


Recusa-se, aqui, a ideia de uma liga europeia sem rebaixamento
15 Novembro 2018 02:00:00
Esclareço que a referência ao faturamento do Real Madrid de 80 milhões de euros, aqui referido na coluna da última quinta-feira (8), diz respeito apenas à Liga dos Campeões. Leia mais (11/15/2018 - 02h00)


Milton Nascimento fará turnê em homenagem aos discos "Clube da Esquina"
15 Novembro 2018 02:00:00
O músico Milton Nascimento vai homenagear os dois discos "Clube da Esquina" em uma turnê em 2019. A ideia de Bituca, como ele é conhecido, é trazer "um resgate dos grandes clássicos dos dois álbuns, com maior foco no primeiro disco. Inclusive músicas que o público nunca escutou ao vivo". Leia mais (11/15/2018 - 02h00)


Intenso e desconfortante, longa 'O Quebra-Cabeça' narra jornada de autoconhecimento
15 Novembro 2018 02:00:00
Móveis e objetos que parecem ter saído da década de 1970 compõem o cenário no qual Agnes (Kelly Macdonald) é apresentada ao público. A iluminação opaca e amarelada ajuda a criar o clima retrô.  Leia mais (11/15/2018 - 02h00)


Carta a Bolsonaro com indicação de ministro gera crise na comunidade médica
15 Novembro 2018 02:00:00
Uma "Carta dos Médicos Brasileiros ao presidente eleito Jair Bolsonaro" criou uma crise na comunidade médica. Assinada por 80 presidentes de entidades, ela indica Lincoln Lopes Ferreira, presidente da Associação Médica Brasileira, para assumir o Ministério da Saúde. Leia mais (11/15/2018 - 02h00)


Retomada econômica poderá afetar o campo em 2019, diz analista
15 Novembro 2018 02:00:00
O agronegócio poderá viver um paradoxo no próximo ano. Se a economia for bem, o mesmo pode não valer para a agricultura. A avaliação é de Fábio Silveira, diretor da MacroSector Consultores. Leia mais (11/15/2018 - 02h00)


Além do limite
15 Novembro 2018 02:00:00
A sucessão de entrevistas e de outras presenças de generais no jornalismo comprova, por si só, a relevância preocupante dada pela opinião pública ao retorno dos militares à superfície política. Leia mais (11/15/2018 - 02h00)


Fonte:  Folha de S.Paulo - Em cima da hora - Principal